Produtos
Soluções
Marketing global: dicas para a sua estratégia de internacionalização de comunicação

Marketing global: dicas para a sua estratégia de internacionalização de comunicação

Conheça algumas dicas importantes para adaptar a comunicação da sua empresa para a realidade de diferentes países e regiões do mundo.

Em um mundo tão globalizado quanto o nosso, cresce a cada dia o número de empresas que decidem desbravar novos mercados e iniciar o seu tão sonhado processo de internacionalização. Seja para minimizar os riscos associados a uma operação em um único país, se proteger da volatilidade de um mercado ou buscar mais crescimento, pensar nesse processo está se tornando o próximo passo padrão para as empresas em solidação no Brasil.

E uma etapa muito importante durante a internacionalização de um negócio é a estruturação de um plano de marketing global. Afinal, é através dele que você irá se comunicar com seus consumidores, aumentar o awareness da sua marca e garantir a geração e conversão de novas oportunidades nesse novo mercado.

Se você está passando por esse momento de internacionalização, ou pretende fazê-lo em breve, continue conosco! Vamos te mostrar alguns detalhes importantes para se ter em mente na hora de montar um plano de marketing global.

O que é marketing global? 

Uma estratégia de marketing global é aquela que organiza as diretrizes e a identidade da sua comunicação e as adapta a diferentes países e localidades, com o objetivo de entender as necessidades do seu negócio em cada novo mercado de atuação.

Uma das principais características deste tipo de estratégia é identificar o que será padronizado e o que precisará ser adaptado e localizado para cada realidade local. Aqui são inseridos itens como mensagem, forma de comunicação, tom de voz, canais utilizados, entre outros.

Ter uma estratégia de marketing global bem estruturada é o primeiro passo para garantir que, independente do contexto e da região em que a sua empresa atue, ela ainda estará condizente e coerente com seu branding global.
 

Diferentes localidades, diferentes canais de comunicação

Um dos principais pontos a serem levados em consideração na hora de estruturar um plano de marketing global é em relação aos canais de comunicação utilizados. Isso porque a forma como nos comunicamos e as plataformas que usamos varia muito entre países.

Em uma análise de 2021, a SimilarWeb compilou os canais de comunicação preferidos de vários países neste gráfico:  

Fonte: SimilarWeb

Como pode ser visto pela imagem, o WhatsApp é o canal de comunicação mais popular em diversos países do mundo e é o mais utilizado na América Latina e em grande parte da Europa. No Brasil, algumas estimativas mostram que mais de 120 milhões de brasileiros têm uma conta no aplicativo de mensagem.

Em contrapartida, o Facebook Messenger está perdendo um pouco de terreno segundo essa mesma pesquisa. Agora ele está no terceiro lugar em relação aos aplicativos de mensagens mais utilizados no mundo – atrás do Telegram que cresceu exponencialmente no último ano. Uma razão que explica essa migração são as recorrentes denúncias contra a empresa Meta (novo nome do Facebook Inc) e algumas quedas bruscas nas plataformas da companhia ocorridas nos últimos anos e que deixaram muitos consumidores na mão.

Alguns outros casos que merecem destaque são:  

  • WeChat na China: uma das maiores economias do mundo tem um aplicativo de mensagens para chamar de seu. É impossível pensar em uma expansão para a China sem considerar inserir o WeChat em sua estratégia de comunicação. Afinal, hoje, ele é usado por mais de 1 bilhão de usuários por mês para muito mais do que troca de mensagens: por exemplo, pagamentos, compras e diversão.  
  • iMessage nos Estados Unidos: mesmo que em números absolutos o iMessage não seja o aplicativo número 1 dos Estados Unidos, ele ainda é uma plataforma que não pode ser ignorada no país. Ele se vale da grande popularidade dos smartphones da Apple nos Estados Unidos e se tornou o terceiro app de mensagem mais usado por lá.

Não esqueça que também existe o recorte geracional par ao uso de canais de comunicação e eles também devem ser considerados!  

Boas práticas para quem quer internacionalizar a comunicação de uma marca

1. Cada país tem suas particularidades, use-as a seu favor  

Conhecer o mercado local em detalhes é essencial para a criação de um planejamento de marketing global. Pesquise sobre as características demográficas, econômicas, culturais, tecnológicas e regulatórias que podem influenciar sua comunicação e percepção de seus usuários sobre ela.  

Por exemplo, mesmo dentro dos países de língua espanhola na América Latina, algumas datas comemorativas são muito diferentes. E elas devem ser levadas em consideração não só para mensagens de engajamento (lembra dos Doodles do Google?), mas também para planejar o melhor momento para eventos e lançamentos de novos produtos e campanhas.

O mesmo vale para gatilhos dentro da jornada de clientes. Como cada país tem características diferentes, é muito possível que o que motive um consumidor a comprar um produto em um deles não seja a mesma em um outro país. Entender essas diferenças sutis (ou nem tanto) será o grande diferencial da sua marca ao entrar em um novo mercado. Especialmente em um que há grande concorrência para o seu produto/serviço.

2. Defina os pontos de padronização e os de adaptação 

Um dos grandes erros das empresas ao passar por um processo de internacionalização é padronizar muito da sua comunicação para economizar com materiais já prontos.

O problema desta estratégia é que muitas mensagens e slogans que são incríveis em um ambeinte podem não fazer sentido nenhum em uma outra localidade. Por isso, é fundamental entender o que é importante o que pode ser padronizado e o que precisará ser adaptado às realidades locais.

É importante que, acima de tudo, o seu branding seja padronizado independente da localização em que você está atuando – com algumas poucas ressalvas, é claro. Desta forma, a identificação da sua marca será rápida e eficaz em todas as regiões do mundo. Pense na Coca-Cola. Em todos os países que você a encontra, o reconhecimento de qual marca você está consumindo é muito claro devido a tipografica e as cores da marca.

Questões culturais podem ser especialmente determinantes na sua mensagem para o público e na forma como você se comunica no dia a dia com eles. Enquanto brasileiros e americanos se sentem confortáveis com mensagens de push e com estratégias baseadas em geolocalização, o mesmo não pode ser dito dos alemães. Investigue essas nuances para garantir que a sua comunicação será vista como útil e não invasiva.

3. Não só traduza a mensagem, localize-a 

A tradução tem como objetivo passar uma mensagem de uma língua para outra, mantendo o seu sentido original. Já no processo de localização, o objetivo continua sendo a troca de idioma en uma mensagem, mas agora com o público local e as características específicas daquela região em mente. Especialmente questões culturais e idiomáticas. Por exemplo, se você tem clientes no Brasil e em Portugal, pode não parecer necessário traduzir muitos conteúdos. Mas em termos de localização o trabalho é muito grande para que a mesma mensagem faça sentido nos dois países. Pense nas diferentes estruturas das frases e na escolha de palavras e expressões para cada um.

Não pensar neste ponto é um dos maiores motivos de resistência dos consumidores com uma nova empresa entrando no mercado. A mensagem pode até ser compreendia, mas ela não irá impactar como planejado se a abordagem não usar os gatilhos culturais necessários.

4. Produza conteúdo na língua local

Criar conteúdo na língua local é uma excelente forma de gerar mais conexão com a sua marca. E isso pode (e deve) ser feito através de múltiplos canais, como Redes Sociais, Website, blogs, artigos em meios de comunicação, participações em eventos, conteúdos em vídeo etc.

Essa é uma ótima maneira de não só dar acesso fácil e rápido à sua empresa e à sua proposta de valor, mas também adaptar e testar a sua mensagem com cada novo mercado de atuação que você quer se inserir.  

Conte com uma plataforma omnichannel para escalar seus planos globais

Pensar em estratégias para múltiplos países pode ser uma tarefa complicada – especialmente se você tiver que ir atrás de um novo fornecedor de plataformas de comunicação em cada nova localidade.

Na Infobip, estamos acostumados a ajudar as empresas a criarem e suportarem seus planos de comunicação global e adaptá-los para cada região. Fazemos isso através da nossa presença nos seis continentes e com a parceria dos principais aplicativos de mensagem do mundo (WhatsApp, Facebook Messenger, Apple Business Messenger, Viber, Telegram, Line). E unimos tudo isso em uma única plataforma de trabalho para você.

Fale com um de nossos consultores e aproveite a nossa expertise global, com presença local, para levar a sua estratégia a um novo patamar. Estamos esperando por você!

Conteúdos relacionados que você pode se interessar 

Canais digitais para escalar seu negócio para o mundo

Confira no nosso infográfico os canais e as vantagens de escalar seu negócio globalmente com um parceiro de tecnologia em nuvem.